Durante a Semana Cultural, ou Semana de Integração I, ocorrida entre os dias 14 e 17 de abril de 2014, ocorreram vários eventos, entre mini cursos, palestras e visitas técnicas, organizadas pelas coordenações dos quatro cursos superiores de Tecnologia existentes na Fatec Lins.

Em particular quatro visitas técnicas chamaram a atenção. A primeira ocorreu na manhã do dia 15 de abril, uma terça-feira, e foi na empresa Cristalins. A matéria completa encontra-se aqui (Cristalins).

Na tarde do dia 16 de abril de 2014 os alunos do curso de Logística, em sua maioria do 5o. semestre vespertino e noturno, foram à empresa Sasazaki na cidade de Marília (SP). Fundada em 1943, a Sasazaki é reconhecida pela liderança e qualidade de suas portas e janelas de aço e de alumínio e está entre as maiores e melhores indústrias do setor na América Latina. Foi a primeira indústria do setor de esquadrias metálicas a obter a certificação NBR ISO 9001, pelo seu Sistema de Gestão da Qualidade. Atualmente a Sasazaki possui um parque industrial com tecnologia própria, instalado em 78 mil m2 de área construída. Os produtos são revendidos por cerca de 5.000 'pontos de venda', distribuídos em todo o Brasil. O Prof. Juliano Beltani e André Ponce estiveram presentes organizando e acompanhando os alunos. A Fatec Lins agradece em especial ao gerente Marcus Anibal Pereira, Gerente Senior de Supply Chain, pela acolhida e trâmites internos.

Na manhã do dia 17 de abril a visita foi na Usina Lins envolvendo as turmas de Logística e Gestão da Produção Industrial. A Usina Lins é uma empresa jovem no setor sucroenergético, teve o início de suas atividades em 2007. Na primeira safra (2007/2008) foram processadas 1.225.986 toneladas de cana-de-açúcar. A Usina Lins é uma filial da Usina Batatais, atuante no setor sucroalcooleiro desde 1985. A empresa conta com 1.300 colaboradores diretos. A planta industrial produz etanol, mas foi planejada para receber uma fábrica de açúcar, o que deve se concretizar nas próximas safras, de acordo com o plano inicial de negócios. Ela é autossuficiente em energia elétrica, gerada a partir do bagaço da cana. Estiveram presentes 48 alunos e no local foi realizada uma integração e explanação sobre a produção do Etanol e do Açúcar. Estiveram presentes os professores Alexandre TesoEuclides ReameJuliano Beltani e André Ponce.  O Prof Juliano Beltani organizou o evento. A Fatec Lins agradece em especial à funcionária Patricia Fogolin e o Sr. Sebastião Cirino Filho (gerente da divisão industrial) e mais 3 colaboradores pela recepção e informações prestadas. 

Na tarde do dia 17 de abril outro grupo, liderado pelo Prof. Sílvio Ribeiro, visitou a empresa Dori, também em Marília (SP). Com mais de 40 anos de mercado, a Dori iniciou suas atividades em 1967 e recebeu o nome da sua fundadora, Doraci dos Santos Spila. A produção inicial foi de pipoca e amendoim com o nome "Guri". A família Barion assume a Dori em 1995 e em 2003 um centro de distribuição foi criado em Marília. Hoje a Dori Alimentos está presente no mercado de balas, caramelos, chicles, pastilhas, confeitos, pirulitos e amendoins. Possui atualmente 2.300 funcionários e gera entre 900 e 1000 empregos indiretos. Somando o faturamento das linhas de Marília (Amendoim, Gomas, Granulado e Pastilhas de Chocolate), somente em 2011 a Dori gerou em torno de R$ 260 milhões, contribuindo para economia local.  A capacidade produtiva das duas fábricas de Marília (SP) e uma de Rolândia (PR) é de 9 mil toneladas de produtos/mês. As três unidades fabris abastecem todo o país. No final do ano de 2011 a Dori inaugurou um novo centro de distribuição em Maceió (AL), totalizando 16 distribuidores na região Nordeste. São três em Pernambuco e sete na Bahia. Alagoas, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Piauí e Maranhão completam a malha, com um distribuidor cada.  Atualmente a empresa exporta para mais de 60 destinos, incluindo todos os países do Mercosul, Austrália, África do Sul, parte da Europa e Estados Unidos. A Fatec Lins agradece em especial à funcionária Simone (RH). Foram 34 alunos do Curso de Logística, em sua maioria do quarto, quinto e sexto semestres diurno e noturno.

As coordenações dos Cursos Superiores de Tecnologia em Logística (LOG) e Gestão da Produção Industrial (GPI) agradecem o empenho e compromisso de todos os docentes e alunos envolvidos.